Bahia anuncia redução de salário de funcionários e atletas da base

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Bahia anuncia redução de salário de funcionários e atletas da base

Diante da pandemia do novo coronavírus e da paralisação das atividades relacionadas ao futebol, o Bahia voltou a tomar medidas mais duras para minimizar o prejuízo financeiro durante a temporada.

Em entrevista à Ridio Metrópole, na terça-feira (28), o presidente do tricolor, Guilherme Bellintani, confirmou que o clube reduziu em 25% os salários de atletas, comissão técnica e diretoria. A redução vale pelo período em que o calendário estiver paralisado.

“Os atletas, comissão técnica e diretoria tiveram salário reduzido em 25%, já fechamos esse acordo com eles, que foram muito parceiros do clube a gente entendeu que era o momento de cada um fazer suas concessões, os atletas também entenderam isso, e a gente só vai voltar a pagar o salário integral quando os jogos voltarem”, afirmou Bellintani.

O presidente tricolor explicou ainda que decidiu cortar 100% do próprio salário durante a pandemia. “Eu não só tive meu salário reduzido como não receberei meu salário porque entendo que a prioridade é pagar o salário dos funcionários do clube, dos atletas e obrigações básicas do Bahia. Eu não receberei o salário até o fim da pandemia”, continuou ele.

Desde a pausa nas atividades, no dia 18 de março, o Bahia vinha negociando a redução dos salários de atletas e funcionários. A medida, no entanto, não foi a única tomada pelo tricolor. Depois de três anos, o clube decidiu encerrar o projeto do time sub-23 e não renovou contrato com o técnico Dado Cavalcanti e outros membros da comissão técnica.

Já os atletas que estavam disputando o Campeonato Baiano e que têm contrato com o clube, vão ser aproveitados no elenco de Roger Machado ou emprestados para outras equipes. Já os atletas que tem vínculo chegando ao fim, vão deixar a Cidade Tricolor.

Na estimativa do Bahia, o clube pode ter prejuízo de até R$ 60 milhões durante a pandemia. Com isso, dificilmente o Esquadrão conseguirá alcançar o orçamento recorde de R$ 180 milhões, apresentado no final do ano passado.

Veja também